casa cor Bahia 2014

CASA COR BAHIA 2014

‘20 ANOS DE MOSTRA’

 

A ARTE DA DECORAÇÃO PARA O BEM MORAR E VIVER!

 

A Casa Cor Bahia completa 20 anos de existência em 2014, período equivalente à formação de uma nova geração. Uma mostra conceitual para a decoração, a construção de cenários para o espetacular teatro da vida, uma exposição sem fronteiras de pensamento, atitudes e conhecimento, cujo grande segredo é a informação, os conceitos e a formulação de propostas para a educação do olhar no sentido do bem morar e viver.
a Casa Cor Bahia 2014 escolheu localizar sua sede no perímetro do centro antigo de Salvador, dentro de uma área extensa de 80 hectares, na qual o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN realizou o tombamento federal há 30 anos (1984) – para que a UNESCO pudesse declarar o Centro Histórico da Cidade do Salvador, em 1985, como Patrimônio Cultural da Humanidade.

xd_eliezer_8933
xd_fernando_e_marcos_8909
xd_adrianas_9089
xd_adelia_9027
xd_julia_8857baixa
xd_larissa_8694baixa
xd_lenise_8979baixa
xd_nagila_9080baixa
xd_nagila_9069baixa
xd_matheus_e_bianca_8963baixa
xd_marlon_8816baixa
xd_marlon_8810
xd_naissa_e_roberto_9053baixa
xd_naissa_e_roberto_9058 - Copiabaixa
xd_paula_isabella_9121baixa
xd_nathalia_8882baixa
xd_paula_isabella_9121baixa
xd_rebecca_8712baixa
xd_rogerio_8854baixa
xd_sandra_e_lissandra_8774baixa
xd_wesley_8769baixa
xd_thiago_9127baixa
xd_rogerio_8846baixa
xd_aline_8920
xd_ana_paula_e_thiago_9004

 

A Chácara Baluarte, com seu belo sobrado que deve datar do século XIX, foi adquirida em 1937 do Sr. Ponciano Jaqueira pelo Sr. Fernando da Silva Lima Jorge, casado com a Sra. Olinda, conforme informações prestadas seu filho Dr. Dálvio José de Almeida Jorge, caçula dos quatro filhos do casal, então, com quatro anos de idade. O sobrado foi reformado,
A Chácara Baluarte é, pois, um exepcional monumento no conjunto do Centro Histórico de Salvador, particularmente, do bairro de Santo Antônio Além do Carmo, com sua implantação e condição semi-rural, destacando-se num sítio onde predomina um vasto conjunto de casas geminadas ou de ‘parede-meia’, que no dizer do saudoso arquiteto e historiador Fernando Luiz da Fonsêca, ‘parecem estar brincando de espreme-gato’.
Contudo, a palavra ‘baluarte’ significa algo que serve para a defesa, uma “fortaleza ou construção alta, cercada por muralhas’, o que nos remete ao estratégico sítio de defesa militar da cidade do Salvador nos idos do período colonial. Assim, sua situação privilegiada na borda do promontório onde se desenvolve a ‘cidade-alta’, torna-se funadamental na adefesa do descortínio da magnífica vista da Baía de Todos os Santos.
A Casa Cor Bahia fez e continua fazendo história, especialmente para seu público, que dela se serve como instrumento, acima de tudo, de cultura, associando o entretenimento com a educação do olhar. Parabéns a Luisinha Brandão, Alexandre e Francisco, seus organizadores; aos talentosos arquitetos, decoradores, paisagistas e artistas plásticos; aos fornecedores, instaladores e servidores; e ao público que a visita e lhe dá sentido.

texto:  Chico Senna

Be Sociable, Share!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • LinkedIn
Lu Andrade